Profissionais gastam 25% do tempo de trabalho com e-mails

Segundo a McKinsey, solução está na adoção de redes sociais corporativas

Mais de um quarto do tempo gasto no trabalho é desperdiçado com a leitura e a resposta de e-mails, segundo um novo levantamento da McKinsey Global Institute e da International Data Corporation (IDC).

Leia também:
Com novidades, Outlook.com quer ser o novo rival do Gmail
Microsoft apresenta o Outlook.com, futuro substituto do Hotmail

De acordo com as companhias, o e-mail é a segunda atividade na qual os trabalhadores mais gastam tempo, atrás somente do desempenho de habilidades específicas para o cargo. O desperdício poderia ser cortado em até 30% se as companhias adotassem as redes sociais como ferramentas de comunicação entre seus trabalhadores, aponta a pesquisa.

Para a McKinsey e para a IDC, cerca de 8% do tempo utilizado na leitura e resposta de e-mails pode ser direcionado para a execução de outras atividades. Para ilustrar as estatísticas, as consultorias fizeram uma comparação: para cada oito horas diárias de trabalho, o profissional perde duas horas e 14 minutos somente com as mensagens eletrônicas.

De acordo com outro estudo conduzido pela Radicati Group, um usuário corporativo envia e recebe, por dia, uma média de 150 e-mails.

Deja un comentario

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.