Pinduca Alimentos poderá se instalar em Paranhos

O prefeito eleito de Paranhos, Julio Cesar de Souza (PDT) reuniu-se na manhã de segunda feira (29) com dirigentes da empresa Pinduca Alimentos, fabricante e distribuidora da Farinha Pínduca, entre outros produtos, e avaliou a possibilidade de instalação de uma unidade da empresa na cidade de Paranhos. O prefeito eleito conheceu o potencial da indústria e obteve a informação de que em três meses eles podem colocar em funcionamento uma Unidade de Paranhos da Pinduca Alimentos.

Fruto do trabalho incansável de Deoclescio Manoel Teixeira, o fundador da empresa, a Piduca Indústria Alimentícia Ltda é referência nacional na produção de farinha de mandioca e outros derivados do produto. A empresa tem unidades de produção em Araruna no Paraná, onde funcionam seus principais escritórios, e em outras duas cidades: Planaltina do Paraná e Cianorte.

A unidade que poderá ser instalada em Paranhos, no Barro Preto, segundo informou o prefeito eleito Julio Cesar, seria a quarta e com capacidade para gerar 100 empregos diretos e outros 500 indiretos, absorvendo uma produção entre 500 e mil alqueires de plantação de mandioca por ano. “Temos todas as condições de iniciar o ano de 2013 com novas perspectivas de trabalho e emprego para nossa gente”, disse o prefeito eleito afirmando ainda que vai apoiar os produtores do município e dar-lhes condições de plantar e escoar sua produção.

O diretor administrativo e financeiro da Pinduca, Jairo Campos Teixeira, garantiu o funcionamento da indústria em um curto espaço de tempo. “Estamos adquirindo uma estrutura praticamente pronta no município e isso facilitará o funcionamento da unidade assim que houver o interesse do prefeito Julio Cesar nesse sentido”, garantiu o empresário.

A princípio a Pinduca deverá realizar em Paranhos a moagem da mandioca enviando essa matéria prima para suas outras unidades empacotarem e distribuírem. À medida que a produção se estabilizar existe a possibilidade de empacotamento na cidade e consequente distribuição do produto em Mato Grosso do Sul e no Paraguai

Fonte: Assessoria

Publicado por

Redacción

Redatores: Edgar Encisco y Oscar Lopez

Comentarios