A jogadora de vôlei Mari Paraíba estampou a "Playboy"

em dúvida, uma das capas de causou mais alvoroço nos últimos tempos. A jogadora de vôlei Mari Paraíba estampou a “Playboy” de julho e seu ensaio tem dado o que falar na imprensa.

A desportista comentou com o Portal da Band o que achou das fotos que já estão nas bancas. “Eu gostei bastante. A ‘Playboy’ é uma revista muito bonita, com uma estética muito bacana. Superou as minhas expectativas”, afirmou.

Sobre o uso de Photoshop nas imagens, Mari foi bastante sincera. “Eu acho que não mexeram muito não. Meu corpo está normal. Usaram menos do que eu esperava”, explicou. “Antes do ensaio fiz dieta e estava malhando. Agora, dei uma parada”, completou.

Capa da edição sobre as Olimpíadas, a jogadora de vôlei disse que seu ensaio tenta representar o Brasil. “Queriam algo mais selvagem, com a cara do nosso país. Tentando fugir um pouco dessa temática esportiva”, contou.

“O feedback tem sido bastante positivo. Estão me elogiando bastate. Esses dias vi uma entrevista na televisão, acho que no SportTV, em que diziam que, entre as ‘Playboys’ de desportistas, a minha era a mais bonita disparada”, contou.

Aproveitando a conversa, perguntamos para Mari Paraíba um livro ou filme que ela indicaria para os nossos internautas. “‘O Caçador de Pipas’, li o livro primeiro mas adoro o filme”, sugeriu.

“Já um local, eu sugiro a praia de Jericoacara no Ceará. É uma praia lindíssima, isolada de tudo e tem as belezas naturais do Nordeste. As pessoas precisam conhecer mais o Nordeste”, indicou.

Deja un comentario